segunda-feira, 3 de junho de 2019

Ainda não sei ao certo quem realmente sou, mas sei quem "estou" neste exato momento

... estou cada vez mais descabelada, cabelos e pensamentos ao vento ... quase sempre me deixo levar
cada dia mais descalça, pés encardidos de terra que me nutre e transforma
mãos e unhas agarrando a vida dura na tentativa de colher uma flor, um fruto com a delicadeza feroz que me pulsa

... estou cada vez mais presente ... presente em mim mesma
... estou cada vez mais amante ... amante da minha essência
... estou cada vez mais lúcida ... lúcida em meus sonhos 

Quem estou neste exato momento é a soma de tudo o que vivi até agora ... 
é a soma de tudo o que falei ... 
a soma de tudo o que escrevi ...
tudo o que toquei ... 
o que senti ... 
Amei !!!

Quem Eu Sou? Quem Eu Penso que Sou? Quem tu achas que Sou?


 Resultado de imagem para 10 de ouros tarot


O DEZ de OUROS traz uma reflexão que acabará servindo como conselho: está na hora de descobrir quem se é e manifestar sua verdadeira natureza.
     Quem eu sou é bem diferente de quem eu acho que sou e que também está distante de quem você julga que sou. Cada um de nós carrega essas três imagens que são distintas. Primeiro existe nosso EU REAL, aquele que é verdadeiro, que não nasceu, pois sempre existiu. É a nossa identidade verídica, onde está nossa essência e todas as experiências, talentos e aprendizados guardados em nossa alma. Também temos nosso EU IMAGINÁRIO, que é o quê achamos que somos. É a imagem que possuímos de nós mesmos. Por fim, o EU SIMBÓLICO, que é a imagem que passamos aos outros e que será interpretada de modo diferente por cada um que nos observar.
     O DEZ de OUROS nos fala deste último. E vem nos chamar a atenção para não nos perdermos na ilusão de viver para agradar aos outros. Faz parte da nossa natureza tentar se encaixar e corresponder às expectativas alheias. É o impulso de toda e qualquer criança. Fundamental para nos dar os parâmetros sociais, já que somos animais coletivos, que precisam estar juntos para sobreviver. Acontece que o tempo vai passando e continuamos a dar muita importância para opiniões alheias. Daí que crescemos, casamos, trabalhamos, distantes dos nossos verdadeiros sonhos e talentos, só porque necessitamos da aprovação social. Queremos ser amados, respeitados e admirados, mas a que custo?
     Quantos vivem vidas de mentiras, acordando a cada manhã, lavando seu rosto e colocando sua máscara? Aquela que ele julga que fará bonito diante dos outros. Toda sua história, luta e força visando manter e transmitir a "aparência" desejada. Existe um mecanismo psicológico muito cruel que é mais ou menos o seguinte: não adianta eu, por exemplo, saber que eu sou uma boa pessoa, se ninguém mais me vê assim, é como se então eu não fosse. Não acreditamos em nada que não seja confirmado pelos olhos dos outros. Questionamos o que nos é tão certo, apenas porque não existe validação de terceiros. Ficamos aguardando vereditos para termos certeza de quem somos. Sinto te informar, mas este é um tolo engano, do qual devemos neste momento nos libertar.
     Sabemos sim quem somos, mas não tudo o que somos. Aos poucos vamos reconhecendo nossa verdade, vamos construindo nossa pessoa. Se existe algo que devemos nos empenhar é nesta tarefa: reconhecer, determinar e manifestar quem somos. Não aprenderemos isso na escola, não encontraremos livros ou textos que nos descrevam, não será alguém que nos dirá isso e muito menos um espelho que nos mostrará. Apenas o olhar profundo, sereno, silencioso e amoroso, para dentro de nós mesmos, poderá nos evidenciar.
     Este arcano menor nos fala sobre riquezas, relacionamentos sólidos, herança e legado. Serão dias favoráveis para ganhos financeiros. Momento oportuno para lançar bases mais sólidas e seguras para você e seus projetos. Vale ressaltar apenas que é nessa hora que devemos nos questionar se o que estamos construindo é motivado por nossos nobres desejos ou apenas em função de adquirir status e reconhecimento social. São dias de pensarmos na família e o que de melhor podemos fazer por ela. Só uma dica: o TER nunca será melhor do que o SER, então atente-se para o cuidado emocional, espiritual e moral para com os seus.
     O DEZ fala de um novo ciclo, vivemos um momento planetário onde não cabe mais mentiras, uma a uma, todas serão derrubadas, por isso não adianta mais fingir, é melhor aprender a SER você mesmo, dá bem menos trabalho do que PARECER, lhe garanto.


 ( http://giselefilosofia.blogspot.com )

terça-feira, 28 de maio de 2019

Na escola não me falaram.
Da Lua e das suas fases,
Da Terra e dos seus ciclos,
Não me falaram sobre a morte.
Como Nascimento,
Não me falaram sobre a sexualidade.
Como Sagrada,
Não me falaram do corpo.
Como um templo emocional.

Falaram-me em adaptar-me.
De se encaixar,
Falaram-me de sentar.
Sempre no mesmo banco.
E ver repetidamente um só
Ângulo das coisas.

Me qualificaram com números,
Fizeram-me sentir às vezes mais.
Mas quase sempre menos do que outro.

Às vezes merecia,
Outras vezes não.

Disseram-me que era distraída.
Rebelde desrespeitosa
Disseram-me para me calar.
Que estude até o que eu não goste
E que tire uma folha
Como uma ameaça.

Me quiseram dar medo
Me quiseram submissa
Me quiseram sistêmica
Quiseram-me sem questionar.
Me quiseram obediente
Queriam-me bem.

Mas nunca ninguém quis.
Que me descobrisse.

Ninguém me esperou.
Ninguém me perguntou
Ninguém parou para olhar para mim.

Quando vai existir uma escola
Que olhe para nós.
A cada um.
Pausada
Mente?

Quando vamos deixar
De querer ser
Todos iguais?

Até aqui chegamos.
Com este método.

Somos lobos batizados de cães.

Quero uivar para a Lua.
Sem que me digam louca,
Quero viver ao meu ritmo.
Sem agendar metas.

Quero sentir-me sem medo.

Dou-te a minha estrutura.
Dou-te a minha produtividade.

A mim deixa-me
Livre,
Criativa,
E mesmo que não gostes,
E mesmo que te incomode,
Deixa-me também.
Selvagem


- Samira Lemes.-

"Sobrepuja com sabedoria teus receios, e goza daquilo que é sua esperança."

- Tarot Door -

segunda-feira, 20 de maio de 2019

... " Corpos em repouso permanecem em repouso,
e corpos em movimento permanecem em movimento, a não ser que sejam sujeitos a uma força externa.

As pessoas, como os objetos, permanecem em seus caminhos, presos em uma realidade restrita.
Quando seguimos nosso caminho, os futuros possíveis, que já foram infinitos, se colapsam em um só.
Um desfecho, imutável, inescapável.
Cada um de nós está em um caminho, e, às vezes, os caminhos se entrelaçam, entrando nas órbitas uns dos outros, e colidem.

Cada um de nós tem um caminho. Alguns se afastam, mas voltam a se encontrar, com uma sincronia inescapável.
Alguns caminhos se encontram por pouco tempo e seguem em direções opostas, para sempre transformados pelo encontro.
Alguns voltam de novo e de novo, pelo tempo e espaço ...
... sempre se encontrando.

Quando estamos no nosso caminho há poucas chances de se desviar, pequenos momentos quando outras forças estão agindo e tiram você de sua trajetória.

O que pode ser tão poderoso para mudar o seu caminho, mudar seu futuro ?

Um ato da natureza
Uma ato de amor.

Quando o desvio acontece, você se encontra em outro caminho, não mapeado, desconhecido se abrindo à sua frente " ...






Resultado de imagem para 4 de ouros tarot 


... " momento de sintonia total com o Universo ao redor. 
Você encontrou suas especialidades, o que te faz “Única(o)” e encontrou aonde aplicar esses talentos. Ou seja, você está tendo a oportunidade de ser o que é suposto que você faça nessa vida. " ...

- Tarot Door - 

...







terça-feira, 23 de abril de 2019