quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

e de todas as vezes que caí no abismo
... pousando suavemente no chão ...

e de todas as vezes que desembainhei minha espada
... lutando com fantasmas ...

e de todas as vezes que me perdi na trilha
... acendendo a lanterna do coração ...

e de todas as vezes que não tive coragem de abrir a porta
... esperando na soleira até perder o medo ...

e de todas as vezes que não abri mão da dor
... sabendo que era parte da cura ...

e de todas as vezes que não pedi
... entendendo que não era chegada a hora ...

e de todas as vezes que me esqueci
...

...









... não ... eu nunca me esqueci ...



segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

" Toma o escudo da tua fé e avança com passo decidido, seja a favor do vento ou contra todos os ventos. "

- Tarot Door -
The Sun by Takaki (Alchemia Tarot)


 

"galgar montanhas de si
contemplar o universo
mergulho em espiral DNA
no osso, todo mundo igual:
pedra e poeira de stars

 ... Latitudes e longitudes, horizontes e meridianos, alturas e profundidades ...
Caminhos tecidos com determinação, tarefas realizadas com maestria e a alegria plena da realização "... 

- Amanda Costa - 



 " Ela não era uma garota de gelo e vidro, mas uma garota de sol e poeira estelar. " 

- Marissa Meyer -


( instagram - runwild.mychild )

sexta-feira, 5 de janeiro de 2018



" Mensagens na garrafa lançadas ao cosmos, estilhaços de infinitas estrelas.

O humano expectante anseia pela chegada de novos ciclos e celebra a dança circular do tempo. Louva os deuses, alinha suas energias com poderes cujo nome desconhece e sacraliza o momento. Operando a alquimia da mente, projetamos sonhos na tela transcendental e lançamos pedidos ao céu e ao mar. No equilíbrio dinâmico das forças em fluxo contínuo, reza que, ao pedir, também ofereçamos.

Taça que transborda é o coração, pletora de vontade de que tudo mude para melhor." ...

- Amanda Costa -
Do tempo em que sua voz causava maremotos dentro de mim
... hoje ela me traz calmaria e caminho sobre as águas ...

Do tempo em que o azul trazia ventos que me arrancava do chão
... hoje é brisa suave que refrigera minha alma ...

Do tempo em que buscava seu toque
... hoje sinto-me tocada por aquilo que é verdadeiro ... sem ilusões ...


...