terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Tudo convida a manter o espírito aberto e a alma leve.

«Everyday Witch Tarot - Nine of Pentacles» de Elisabeth Alba




... "  Um tempo para si, um tempo para aquele alguém. Um espaço para amar, um espaço para soltar o corpo e o pensamento, alma descalça ...

Pausa do ruído, mergulho da visão em infinita margem. Certeiro o olho pousa em olhos outros. Silêncio afinado é acorde maior. " 

- Amanda Costa -



Ahhhhh, como eu queria ... um tempo para mim, um bom livro, uma taça de vinho ... soltar o corpo e o pensamento ... alma completamente descalça ... olho pousado em mim mesma, centralizar ... silêncio afinado ... estar em mim sem culpa !!!
Massssssssssssss, a semana não será tão solta como eu queria ... situações do cotidiano que exigem urgência ...
Enfim, vida que segue sem perder La Ternura ... rsrsrsrs ...

sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

Imagem relacionada




Oh Mãe ...
... não desista de nós !!!

A humanidade anda tão cega ... tão ignorante ...
... tão fútil ... tão feia ... 
... tão perdida ... tão perdida !!!

O amor que muitos falam e não sentem
A verdade que muitos buscam e não entendem
A fé que muitos vivem e não norteia

A esperança que se extingue ... se extingue

Oh Mãe ...
... não desista de nós !!!

Nos cubra com Teu Sagrado Manto 

Que o teu Amor seja falado e sentido
Que a tua Verdade seja buscada e entendida
Que a Fé em Ti seja vivida e possa nos nortear ... nos centralizar ...

E que a Esperança nunca seja extinta do nosso meio


Que Assim Seja E Assim Se faça !!!

terça-feira, 5 de dezembro de 2017

Swords10_LeavingTheStory.jpg (383×582)


... "  Com sua lâmina precisa, elimina fórmulas gastas, abrindo ramos revividos, redescobrindo seivas e ardores.
Linha fina é o fio da navalha, delicado o equilíbrio. 
Nascer, evoluir, fenecer e retornar ao que ainda não começou, transmutado renascer no ciclo infindo, eterno girar. " ...

- Amanda Costa -

quarta-feira, 29 de novembro de 2017

Diário de Bordo ... a arte de saber temperar a vida ...

Expectativa ... esse foi o fermento que por muito tempo coloquei na minha vida, achando que o resultado seria bacana de se ver e saboroso de se sentir ...
Doce engano ... aliás muito doce que chegava a ser enjoativo, pegajoso ... viciante ...
E seguia a vida temperando tudo com expectativas e mais expectativas ... tirava do forno sonhos lindos que murchavam entrando em contato com a realidade ... adoçava planos que azedavam com falta de reciprocidade ... mas, o que seria essa reciprocidade buscada além da expectativa que criei em torno do que eu queria como algo recíproco ??? ...

Enfim ... 
... faz pouco tempo que deixei a expectativa guardada em um pote herméticamente fechado, em um local de pouco acesso ... e a lida com a terra ( no sítio ) tem me ensinado a temperar usando o fermento suficiente para crescer os sonhos de forma saudável/constante/satisfatória ... 
Masssssssss ... mesmo com os dois pés e as duas mãos fincados no chão e a realidade do momento me mantendo ocupada demais, ainda há momentos em que consigo fugir para o meu mundo ... perco o medo e espio atrás da porta observando o desconhecido que tanto me amedronta ... observo com o carinho que sempre tive por ele e fecho a porta novamente ... e tem dado certo assim ...

Buscar o equilíbrio entre esses dois mundos ... sem expectativas, sem culpa, sem mágoa, sem medo ... temperar a vida com aquilo que move o amor e a fé que carrego comigo ...
Simples assim ... aliás, tem dias que é simples assim e tem dias que é complicado demais, de qualquer forma é assim que se  aprende a arte de temperar a vida ...

Seguimos então ...

terça-feira, 28 de novembro de 2017

Os quatro pilares que coordenam a forma que lidamos com as nossas vidas são: material, sentimental, mental e espiritual.





Nas últimas semanas  naveguei com A Roda passando pel'O Diabo cheguei n'A Temperança ...

... A Temperança demonstra a necessidade de prestar a atenção para não cair em desordem e em desequilíbrio. 
É importante não ser passivo ( com a A Roda  ) e não se submeter aos percursos e aspirações que podem se basear em areia e não em concreto ( ilusões e dúvidas movidas pelas Paixões ) ...




Everyday Witch Tarot Created by Elisabeth Alba, Deborah Blake Tarot Deck - 78 Cards - Llewellyn 2017



O futuro pede para que o exercício da paciência, aceitação, flexibilidade e felicidade sejam exercidos com cuidado. 




 Reylo Tarot Cards: TEMPERANCE (Print available here) – Other Tarot Cards: THE LOVERS DEATH THE SUN THE MOON THE STAR THE CHARIOT STRENGTH THE HIEROPHANT STAR WARS TFA TAROT SET Do not Repost Facebook || Instagram || Etsy || Society6




Ao mesmo tempo a conciliação e a moderação são fundamentais para o equilíbrio com o outro.




Seguimos então ... 

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Diário de Bordo ... livro dos sonhos

... outro dia vi uma postagem no instagram da minha amiga Rosane de um projeto que ela e sua filha estavam fazendo ... era um livro de sonhos onde a filha desenhava os sonhos que havia tido (suas viagens oníricas) ... achei bacana a idéia delas ainda mais por ser sonhos de uma criança.
Coloquei um comentário dizendo achar  super legal a idéia e que iria fazer um também ... eu iria desenhar minhas viagens oníricas ...

...

Pensando bem talvez não ... tem certos tipos de sonhos que não gostaria de desenhá-los ... 
Sonhos recorrentes ...
... aqueles em que sempre tem algo atrás da porta e que chamo pelo meu pai apavorada ...
... sonhos em que vago por lugares com pouca luz ...
... sonhos em que estou de carona em um veículo que sai da estrada e cai em um precipício ( aliás foi este meu último sonho )

Ou então eu poderia desenhá-los mas criaria um final razoável ...
... meu pai aparecendo e mostrando que não há nada tão apavorante assim atrás da porta ... teria somente algo desconhecido ...
... e eu poderia carregar uma lanterna quando saísse pela penumbra ... 
... e melhor seria guiar meu próprio carro e não pegar carona ... ou pular fora do veículo antes de sair da estrada/trilha/caminho ...

Enfim ... ou poderia somente desenhar os sonhos "bonitinhos" ... mas o que se aprende somente com sonhos bons ??? 

...

Então ... de qualquer forma com sonhos bons ou ruins é assim que o Universo se comunica comigo e eu não posso reclamar ... se tem algo que é constante na minha vida é o Universo se comunicando o tempo todo comigo através dos sonhos ...
... e quando tá complicado entender o Tarô "tenta" me ajudar ... mas nem sempre é fácil capitar a mensagem e sigo meio que "Rolando Lero" capitando as mensagens às avessas ... rsrsrsrs ...
... isso quando eu não compro briga com o Universo recusando a aceitar a mensagem que se faz clara e perfeitamente entendível ... kkkk ... muito louca eu ...

Enfim ...

Aí ... eu "tava" de carona caí no precipício e ao cair comecei rezar ... me assegurei de que estava com os cintos de segurança fechei o vidro do carro e esperei ... a minha vontade era de socar o motorista mas me contive e pousamos suavemente no chão ... mentira houve um pouco de turbulência capotamos e saímos ilesos ... 
No melhor estilo ... ore/confie/espere ... e se salve ...

Aí vem o Tarô com a carta da semana ... A Roda ... dizendo mais ou menos assim ...
... "a sensação de estar vivendo um ciclo vicioso" ... por isso os meus sonhos recorrentes ... "onde você roda roda e quando está quase atingindo o seu objetivo parece que tudo volta para trás" ... ou seja sair da estrada e cair no precipício de novo ...

Resumo da ópera ...
" Tem uma hora que você vai ter que enfrentar esse limite. "
" Obstáculos que tem que superar para realizar aquilo que idealiza. "

ou

... simplesmente o Universo está tentando dizer ... NÃO DÊ A DIREÇÃO PARA ESSE MOTORISTA ... kkkkkkk



sexta-feira, 10 de novembro de 2017

... e quando tudo parece estar tranquilo
sem nenhum sussurro atrás da porta
sem vento forte suficiente a ponto de escancarrar janelas
sem dilúvios transbordando a alma

... e quando tudo está tranquilo
entretida com o som da enxada rasgando a terra
distraída com a algazarra dos passarinhos
e o latido dos cães

... e quando tudo está tranquilo
a chuva molhando a terra
a esperança de fartura
a certeza da primavera florindo meu jardim no próximo ano

... e quando tudo parece estar tranquilo

parece

...

ainda há sons atrás da porta
ainda há ventos que escancaram janelas que foram trancadas
ainda há dilúvios que transbordam sentimentos que resistem

e estar entretida com o labor da enxada 
e o som dos passarinhos e cães não são suficientes
para abafar o grito da saudade

e mesmo a chuva que me molha
e a esperança sempre presente
e a certeza de que o meu jardim continuará  florido de alguma forma
...
não são suficientes para preencher o espaço que a saudade ocupou



e ela grita ...
reconheço o tom de sua voz
reconheço a cor de seus olhos
e é tudo o que sei dela

ela não chama pelo meu nome
mas eu sei que ela me pertence