quinta-feira, 24 de maio de 2012

- Emoções -

...

As emoções constituem a nossa reação instintiva e espontânea aos acontecimentos da vida. Quando ainda vivemos na dimensão do ego, a maioria delas se manifesta através de reações negativas como a raiva, o medo, o orgulho, a tristeza.

Isto porque buscamos o tempo todo obter do mundo aprovação para todas as nossas atitudes e escolhas. Mas, como isto é impossível, visto que sempre, em algum momento, acontecerão frustrações pela não realização de nossos desejos, as emoções negativas vão se acumulando, até se transformarem em angústia e infelicidade permanentes.

Desfazer este nó não é uma tarefa fácil, mas o primeiro passo é ter a coragem de confrontar todas as emoções negativas que existem em nós, sem querer negá-las, pois tudo aquilo que reprimimos acaba atuando de maneira mais intensa, mesmo que inconscientemente.

A busca da paz e da harmonia interior, muitas vezes, exige de nós vivenciar momentos dolorosos, em que as feridas emocionais precisam se revividas para que possam ser definitivamente curadas.

Se tivermos determinação para trilhar esta jornada, avançaremos cada vez mais na conquista de nossa auto-estima e de uma relação mais amorosa e compassiva com nosso próprio ser, que é no que consiste, afinal, a verdadeira felicidade.

- Elisabeth Cavalcante -

...