quinta-feira, 18 de outubro de 2012

... de uma amiga muito especial ...




Se estás doente, meu amigo, acima de qualquer medicação, aprende a orar e a entender, a auxiliar e a preparar o coração para a Grande Mudança.
Desapega-te de bens transitórios que te foram emprestados pelo Poder Divino, de acordo com a Lei do Uso, e lembra-te de que serás, agora ou depois, reconduzido à Vida Maior, onde encontramos sempre a própria consciência.
Foge à brutalidade.
Enriquece os teus fatores de simpatia pessoal, pela prática do amor fraterno.
Busca a intimidade com a sabedoria, pelo estudo e pela meditação.
Não manches teu caminho.
Serve sempre.
Trabalha na extensão do bem.
Guarda lealdade ao ideal superior que te ilumina o coração e permanece convicto de que se cultivas a oração da fé viva, em todos os teus passos, aqui ou além, o Senhor te levantará.

- Emmanuel -


... essa semana recebi um e-mail de uma amiga muito muito muito especial, com essa mensagem ...

...
... tem gente ( do mundo virtual ) que acha que eu sou bipolar ... tem gente que acha que eu estou "em cima do muro " ...  pois, até pouco tempo eu postava passagens bíblicas, canções e trechos de livros que falavam de Deus e agora estou falando de tarô, ervas e coisas do tipo ...

O que mudou ??? ... nada ... absolutamente nada ...
A minha fé permanece a mesma ... eu só andei camuflando algumas coisas dentro de mim, me escondendo de mim mesma ...

Então eu continuo acreditando em Deus ... não um Deus dentro de uma instituição religiosa ... mas, um Deus dentro de mim ...
... e vou continuar me buscando dentro daquilo que eu acredito ... eu não preciso provar nada para ninguém ...

Como é que eu posso buscar a Verdade e a Vida se eu não estou sendo verdadeira comigo mesma ... eu preciso estar inteira para continuar essa busca !!! ...

Passei por momentos de raiva, muita raiva ... eu me sentia "castrada" literalmente ( ao retirar o útero )...
... mas em momento algum eu gritei " Meu Deus por que deixou isso acontecer comigo " !!!
... não foi Deus que deixou isso acontecer comigo ... eu sei que em algum momento eu fui negligente e que " apesar dos pesares " tudo tem um propósito ...


...