segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Dia de bolo ... dia de magia ...

- Broa de Melado -

1 1/2 xícara (chá) de melado de cana
2 xícaras (chá) de fubá
1 xícara (chá) de farinha de trigo
2 xícaras (chá) de coalhada
3 colheres (sopa) de margarina
1 colher (sopa) de fermento
1 colher (chá) de bicarbonato de sódio
1/2 colher (chá) de sal
2 ovos
Erva-doce e canela à gosto
Modo de Preparo :
Peneire o fubá, a farinha, o fermento, o sal e o bicarbonato ...
Bata os ovos e acrescente a margarina, o melado e a coalhada ... adicione aos ingrediente peneirados, junte a canela e a erva-doce ... despeje em forma untada e enfarinha ...
Asse em forno quente !!!


...


Então ... depois do "piripaque" que eu tive ( que foi uma baita de uma hemorragia ), eu fiquei com os níveis de hemoglobina muito baixos ou seja eu estava com uma anemia profunda ... e a solução foi reforçar a alimentação com muita rapadura, açúcar mascavo e melado ... além, de injeções intramusculares de Noripurum ... enfim ... está tudo normal agora !!! ...
Bem ... tirando as gozações do meu irmão, que queria saber para onde estava indo tanta energia ... pois, nem um maratonista comia diariamente tanta banana com rapadura como eu ... kkk ... então eu replicava: - Está indo tudo para cabeça ... onde mais !!! ... eu nunca passei uma fase tão faladeira e questionadora ... acho que foi o susto !!! ... kkk ...
... tá ... e o que isso tem a ver ... o fato, é que agora tá sobrando melado !!! mas, ainda bem que achei essa receita de broa que fica "bãum dimais da conta" ...
Vale a pena ... aliás, todo tipo de bolo para mim vale a pena !!!

E depois de uma semana cavalgando com o Cavaleiro de Espadas ... continuo no reino do pensamento com um Oito de Espadas ... agora me policiando para não me deixar levar pelo sentimento de culpa e decidir o caminho a seguir ...
Para as coisas se moverem ... caminharem ... é preciso de empenho, dedicação, disciplina ... e algum sacrifício ... deixar de lado as ilusões que aprisionam ...
Eu sempre acreditei que todo mundo tem um caminho único ... e ninguém pode percorrê-lo por mim !!! ... e de repente me dei conta de que o caminho que eu estava tentando seguir não era o meu ... e sim de alguém que era importante para mim ...
Então, a única forma de equilibrar tudo isso é retornar ao caminho ... ao meu caminho ... sem importar com os dedos acusadores em minha direção ... muitas vezes os meus próprios dedos, já que eu sou uma virginiana típica !!!

Que seja então um Oito de Espadas tão tranquilo quanto foi o Cavaleiro ...

Beijos soprados de canela ... tenham uma semana abençoada !!!

...