terça-feira, 12 de março de 2013

...


O vento morno sopra pela janela ... balança as cortinas e esse vai e vem me hipnotiza
... o verão se vai vagarosamente ... minha alma anseia pelo seu fim ...
Anseia pela chegada da minha estação ... o outono onde o velho cai ao solo fertilizando-o
... a semente frutificará novamente !!!

O vai e vem das cortinas me hipnotiza ... então me vejo descalça pelos montes ao meu redor
... o pôr do sol cai vagarosamente ...
Minha alma voa além das montanhas ... deixando para trás aquilo que não me fertilizou ...

A minha alma anseia pelo outono ... é como estar a caminho de casa novamente !!!

...