segunda-feira, 22 de abril de 2013

... chegou hoje cedo e já coloquei a mão na massa ...



... difícil foi controlar a aflição ... ou colocava o feijão para cozinhar ... ou devorava o livro !!! (rs)
Enfim ... dei uma leve folheada, deixei de lado e fui cuidar dos afazeres de casa ...
Agora ninguém me tira dessa cadeira, depois eu arrumo a cozinha (rsrs) ...


" Quando alguma coisa escapa da nossa consciência, essa coisa não deixou de existir, do mesmo modo que um automóvel que desaparece na esquina não se desfez no ar. Apenas o perdemos de vista. Assim como podemos, mais tarde, ver novamente o carro, também reencontramos pensamentos temporariamente perdidos. Parte do inconsciente consiste, portanto, de uma profusão de pensamentos, imagens e impressões provisoriamente ocultos e que continua a influenciar nossas mentes conscientes " 



...