terça-feira, 2 de setembro de 2014




O Pássaro

Não sei o que sinto...
Mas sinto
Que a terra me foge
Ou que fujo da terra
Que a terra é azul
Mas prefiro o azul do céu.
Não sei o que sinto...
Mas sinto, que preciso subir,
que preciso voar,
que preciso do espaço infinito!
O que sinto
são as asas que pedem mais azul,
são as asas que pedem mais espaço,
são as asas que pedem mais estrelas.
Não sei o que sinto...
mas sinto que a terra não basta
Não basta para mim,
pássaro do caminho!



...


Trecho extraído da Obra: A Voz de Deus de Alceu Amoroso Lima, publicado por Rose Marie Muraro em:As Mais Belas Orações de Todos os Tempos.