quinta-feira, 22 de outubro de 2015


































Óh Mãe ...
... não permita que eu encerre minha vida dentro de um cálculo matemático ...

Eu, como ser humano não sou uma matemática exata ...
... eu sou muito além ... ( eu sou um movimento onde cálculo nenhum o define exato )

Óh Mãe ...
... não permita que eu encerre minha vida dentro da clausura das verdades humanas ...

Eu como ser humano, não sou um castelo a aprisionar meu espírito ...
... eu sou muito além ... ( eu sou um templo onde o Sopro Divino se faz presente )

Óh Mãe ...
... não permita que eu me reconheça em um reflexo qualquer ...

Eu como ser humano só me realizo ao me ver refletida no seu olhar ... 
... e esse olhar me leva além ... ( eu sou muito mais do que minha limitação é capaz de ver ) 

...

Pois minha Fé não está fundamentada na razão ... ela está muito além ...
A minha Fé não segue a interpretação equivocada dos homens ... eu espero muito além ...
A minha Fé só encontra argumentos dentro da Sua Verdade ... 
... e para isso não é necessário teorias evolutivas ...
... equações que resultem em ângulos perfeitos ...
... traduções das simbologias do Universo ... 

...

Eu sei que o Universo inteiro está estabelecido dentro de uma matemática exata ... mas, o Espírito que move este Universo "É" muito além ...
E é um pequeno fragmento desse mesmo Espírito que habita em mim ... 
... e que eu não me esqueça disso !!!

Que assim seja e assim se faça !!!