terça-feira, 12 de janeiro de 2016

... " Podemos sempre nos enganar, mas em algum momento nas nossas vidas já não podemos mais mentir a nós mesmos. É nessa ocasião que desperta em nós o mestre interior. Posso me enganar e cometer erros até o fim da minha vida, mas não posso mais mentir a mim mesmo, isso faria com que eu adoecesse. 
Esse é o sinal que estamos, de fato, 
conectados com o nosso mestre interior. " ...

- Jean-Yves Leloup -