terça-feira, 31 de maio de 2016

Diário de Bordo

Todos os domingos o Nando entrega um jornal aqui em casa ... geralmente O Tempo ... é da capital B.H. ...
Gosto de refletir com a coluna do Trigueirinho falando sobre espiritualidade ... questiono algumas coisas ( como sempre ) mas geralmente assimilo as ideias ... essa semana evitei folhear o jornal, pois já sabia que estaria falando do ato animalesco que aconteceu no Rio de Janeiro ... 
Poderia ser covardia da minha parte não querer me aprofundar no assunto ... mas, como mãe de uma menina o que se forma em mim é uma revolta tão grande que chego ao ponto de me ver com uma arma na mão em um pelotão de fuzilamento ... 

Enfim ... só hoje abri o jornal e depois de dar uma lida rápida na reportagem, acrescentei mais um na lista dos 33 ... o delegado ... 
... só então fui ler a coluna do Trigueirinho ... confesso que ao começar a ler fechei o jornal, pois achei a mensagem fora de contexto diante do que se passava ... maaaaaaaaaaaaasss, retornei ... e fechei novamente (rs) ... retornei e fechei até terminar de ler a coluna toda ... ( e olha que quem me vê agora vai me achar muuuito mansa, em vista de alguns anos atrás ... rsrs) 
Daí que o título do artigo dizia: " Uma nova vida surge no planeta e é percebida por muitos. "

... 


Pois é, houve um tempo em que eu acreditava bem, nessa nova vida ... eu conseguia ver as coisas com o olhar de uma criança ( brava, às vezes ) ... mas, eu vivia isso e esperava por isso ...
O tempo passou e o olhar de criança está se perdendo ... 

...
 

Ele fala que " Dentro de cada indivíduo vive uma Luz que luta por expressar-se ... " e ainda ... " O mundo passa por convulsões, devido à agitação que se estabelece no planeta como um todo; em cada partícula que insiste em manter-se nas trevas, o bem se choca com o mal. Mas há sinais na terra, nas águas, no vento e nas folhas das plantas que tentam voltar-se à Luz "... 

...

... éhhh ... tudo se movimentando em busca da Luz ... enquanto o homem rasteja na selvageria das trevas em si mesmo ... 

Mas, eu quero voltar a esperar por essa Luz ... eu quero voltar a ter esse olhar de criança, sem me prender a ilusão que permeia o mundo ... 
... sem fantasia ... só o real ... 
... buscar o equilíbrio ... tão distante dentro do caos ...

E ele fecha o artigo assim ...

" Não há êxito sem luta, não há Amor sem entrega, nem Paz sem o encontro com o Amor. Este é o caminho dos que, no silêncio, voltam-se para o Absoluto: seja feita a Vossa Vontade! " 

...

E como se não bastasse esse artigo, essa semana me saiu uma belezinha de 2 de Copas no tarot ... pois é ... é muito Amor para uma pobre alma tão angustiada ...

...




domingo, 29 de maio de 2016























O que esses olhos te dizem ???
... que hoje ela quer transar com 1 ... 10 ... 33 homens ???

O que esses olhos te dizem ???
... que por trás desse véu tem um corpo violentado ???
... um espírito ameaçado ???
... uma criança subjugada ???

O que você consegue enxergar através da escuridão ???

...

Então não é sobre o que eu estou vestindo ...
... é sobre o que sou ... ... Mulher !!!

Uma mulher em uma sociedade machista-patriarcal ...
... eu não sou feminista ... só não sou hipócrita diante disso ...

...

Então é sobre um grito surdo, para ouvidos mudos
É sobre palavras disparadas às cegas
É sobre a força que se esvai na subida
É sobre a esperança que despenca em um mergulho vertical

É para Lauras ... Natálias ... Isabelas ... Larissas ... Thaísas
É para Letícias ... Luisas ... Lívias ... Carolinas ... Marianas ... Marinas
É para Marias ... Laillas ... Alices

Milaides ... Leidinhas ... Princesas ... Rainhas

...

Pois há quase nada entre o valor e a vergonha
... em uma sociedade que te compra ... e te vende ...

Pois há quase nada entre o valor e a vergonha
... na mídia que te impõe querer ser popular ...

Pois há quase nada entre o valor e a vergonha
... entre homens que querem denegrir sua imagem ...

...

Então é sobre um grito surdo, para ouvidos mudos
É sobre palavras disparadas às cegas
É sobre a força que se esvai na subida
É sobre a esperança que despenca em um mergulho vertical

...

E você luta para manter a sua integridade
E você luta para não perder a sua fé
E você luta para não corromper seu espírito
E você luta para manter em segurança aquelas que estão no mesmo caminho


E você luta pois ainda acredita que exista Amor ...


... 

segunda-feira, 23 de maio de 2016

Óh Mãe

Cura em mim o receio de não ser digna de trilhar o Teu Caminho
Cura em mim o receio de não ser boa o bastante para ser um instrumento da Tua Vontade
Cura em mim o receio de não ser transparente o suficiente para ser um reflexo da Tua Luz

Cura em mim o receio de que o orgulho em mim seja maior a ponto de impedir que Sua Verdade seja pronunciada
Cura em mim o receio de que a vaidade em mim seja maior a ponto de impedir que Sua Verdade seja pronunciada

Cura em mim todo receio que impede de ver ... de ouvir ... de sentir ... de entender os Teus ensinamentos ...

...

Que assim seja e assim se faça !!!

domingo, 22 de maio de 2016






Um peregrino nunca está sozinho. Pensamentos, sentimentos e experiências o acompanham durante toda a caminhada. Os passos são dados um atrás do outro, um pé antes do outro. As pernas se roçam e se aquecem ao calor da estação.

O mar azul do céu abraça toda a vegetação, iluminando e transformando a natureza. Diversas cores aparecem ao toque da luz solar.

Uma gaivota surge vinda de longe. Seu vôo rasante é o presságio da intenção de pousar em lugar seguro. Outras aves quase conseguem desviá-la de sua posição original, mas ela permanece firme e forte em sua intenção. O breve e sutil movimento foi em vão, pois só fortaleceu sua convicção de seguir em frente.

O homem que estava ali demonstrava um grande fascínio. Seus olhos fixos não conseguiam desviar-se da magnitude proporcionada pelo cenário natural diante de si. Era puro encantamento!

Por alguns instantes surgiram em sua mente esclarecedoras reflexões...

Meu Deus! Como posso deixar de acreditar na onipresença divina? Estou vivo para registrar mais um momento sublime! Que força é esta que coordena os ciclos da vida?

Toda a natureza dança em movimentos periódicos na regência da orquestra filarmônica celestial. Só um homem puro e de posse de si mesmo poderia enxergar o valor de tanta beleza!

Há muito mais realidades do que os olhos humanos conseguem ver! Quando reconhecemos uma boa ação e o momento de decidir entre parar ou avançar, acreditar ou duvidar, o homem torna-se mais consciente.

O poder dos pensamentos bem administrados e uma vida cotidiana onde o tempo é ocupado com o que se faz de melhor, só poderia mesmo trazer sábias atitudes e opiniões bem amparadas na verdade.

Não podemos esquecer-nos de objetivar a vida e também deixar o novo acontecer. Abrace as boas oportunidades!

É sempre bom lembrar que: não estamos sozinhos! O respeito e o carinho serão muito bem vindos. Laços podem ser formados em liberdade. Diálogos proporcionarão acordos para o bem comum.

Manter-se dentro dos próprios princípios é outra opção saudável para uma felicidade verdadeira. A maneira de sentir a vida é própria de cada um, íntima e inquestionável.

Mais reflexões e interrogações pairavam ...

Quem sou eu para julgar, desacreditar ou aceitar ficar indiferente diante de tamanha visão do todo e de mim? A própria natureza não questiona seus ciclos naturais. Ela só demonstra seu descontentamento, permitindo estranhos fenômenos, quando o homem abusa do próprio poder.

O homem e seu amor pela vida é a condição natural para que tudo continue existindo.

É claro que nada permanece intacto. As transformações são um estado natural de se viver em evolução. A permanência é alterada pelas leis da continuidade existencial. O caminho é o horizonte para um crescimento inevitável, ordenado e funcional de todo ser vivo.

...

O homem como criador de sua realidade pode conviver e colaborar com seus recursos físicos, mentais e emocionais e, ao mesmo tempo, estar em harmonia com a natureza.

Ecologicamente correto é viver na paz e em paz com as necessidades de cada um.

A natureza com seus recursos e o desempenho do homem em todo o processo ficará marcado no livro da vida.

Na quietude da montanha é possível ampliar o olhar diante de si mesmo e aceitar que: há mais vida atrás de outras montanhas...



sexta-feira, 20 de maio de 2016


Qual foi o meu pecado ?

Amar um Amor que era meu ?
Percorrer um caminho que era meu ?
Falar de coisas que eu sentia ?
Buscar a fonte que mataria a minha sede ... a minha fome ?

Então eu me absolvo do pecado de tentar ser eu mesma !!!

Então eu assumo total responsabilidade por
... amar meu Amor
... percorrer meu caminho
... falar o que verdadeiramente sinto

E me saciar com o único alimento capaz ... O Amor

...

terça-feira, 17 de maio de 2016

Um brinde a você ...
... que assim como eu anda invisível por aí ...

Que muitas vezes bateu à portas as 7:00 da manhã 
... querendo um pouco de atenção ...

Que sai as ruas tal qual um mendigo 
... não para falar de suas mazelas, mas para compartilhar um pouco de suas descobertas ...

Um brinde a você ...
... que em suas andanças solitárias descobriu seu bem maior ...


Descobriu a si mesmo !!!

segunda-feira, 16 de maio de 2016

O convite




Não me interessa
o que você faz da vida.
eu quero saber
qual a sua dor
e se você se atreve a sonhar
em satisfazer os anseios do seu coração.

Não me interessa
qual é a sua idade.
eu quero saber
se você se arriscaria
parecendo um tolo
por amor
para o seu sonho
para a aventura de estar vivo.

Não me interessa
quais planetas são
quadratura com sua lua ...
eu quero saber
se você tocou
o centro de sua própria tristeza
se tiver sido aberto
pelas traições da vida
ou se tornaram murcho e fechado
por medo de mais dor.

Eu quero saber
se você pode sentar-se com a dor
minha ou sua
sem se mexer para escondê-lo
ou disfarçá-la
ou corrigi-la.

Eu quero saber
se você pode ficar com a alegria
minha ou sua
se você pode dançar loucamente
e deixar o êxtase tomar conta de você
até as pontas dos dedos das mãos e pés
sem se alarmar
ser cuidadoso
ser realista
para lembrar as limitações
do ser humano.

Não me interessa
se a história que você está me dizendo
é verdade.
Quero saber se você pode
desapontar o outro
ser fiel a si mesmo.
Se você pode suportar
a acusação de traição
e não trair sua própria alma.
Se você pode ser infiel
e, portanto, digno de confiança.

Quero saber se você pode ver beleza
mesmo quando ela não é bonita
todo dia.
E se você pode adquirir sua própria vida
a partir da sua presença.

Eu quero saber
se você pode viver com o fracasso
seu e meu
e ainda estar à beira do lago
e gritar para o prateado da lua cheia,
"Sim."

Não me interessa
para saber onde você mora
ou quanto dinheiro você tem.
Quero saber se você pode obter-se
após uma noite de tristeza e desespero
exausto e ferido até os ossos
e fazer o que precisa ser feito
para alimentar as crianças.
 

Não me interessa
quem você conhece
ou como você chegou até aqui.
Quero saber se vai permanecer
no centro do incêndio
comigo
sem recuar.

Não me interessa
onde ou o que ou com quem
você estudou.
eu quero saber
o que sustenta você
Do lado de dentro
quando tudo mais desmorona

(  Wild Woman Sisterhood )

sexta-feira, 13 de maio de 2016



 Se não sabes o que dizer
eu não vou obrigá-lo a saber

Se não sabes qual mão estender
eu não vou forçá-lo a desprender

Se não sabes como me amar
eu não vou pedir para ficar


... mas se ficar, que seja para me ajudar a fazer a travessia em segurança ...

Pois, eu também não sei o que dizer
não sei qual mão estender
não sei qual é a dimensão do que realmente é o verdadeiro Amor

... mas eu quero percorrer o caminho e aprender ...

...

quarta-feira, 11 de maio de 2016

segunda-feira, 9 de maio de 2016

quinta-feira, 5 de maio de 2016

"... Deixei pegadas na areia fofa, deixei sinais nas fontes e nos rios, deixei mensagens no magma vivo. 

Sou Eu, Sou Eu, Eu Sou, não me procure em registros, em provas humanas, porque minha raiz profunda está em Seu Ser, Aquele que tudo sabe, aquele que se lembra de cada detalhe ... aquele que viaja pelo universo e comigo conversa no sagrado silêncio das noites estreladas. 
Não me busque no seu entendimento humano, porque a ele transcendo pois estou profundamente manifestada em sua sabedoria Divina. 
Sou a centelha que flameja no centro do seu ser e hoje vem unindo a grande família que um dia comigo já caminhou. 
Reconhecerá neles o meu amor e a minha história, reúno-vos pelo propósito Maior. O vento apagou as pegadas na areia fofa e as águas renovaram-se em purificação. 
Mas Eu Sou a permanência do amor vivo. 
Eu retorno à Terra a medida que revive o caminho que ensinei. 
Eu Sou Aquela que agrega, que une, que reúne a vida e a verdade. 

O vento novamente toca seu rosto e eleva seu espírito! 
Continue andando por essa areia fofa, por onde um dia andei ... oh, peregrino do amor! 
E caminhando descobrirá que para seguir meus passos basta enxergar as pegadas bem gravadas em seu coração."




quarta-feira, 4 de maio de 2016

segunda-feira, 2 de maio de 2016







As palavras foram se perdendo pelo caminho, a medida que eu me distanciava
... em minhas mãos alguns últimos vestígios do que eu fui e o que eu amei ...

Me vejo exilada no meu próprio castelo pois, esse é o sacrifício a ser cumprido
... aqui no meu último e único refúgio estou em paz ... 

Mas tudo está por um triz e a minha espreita estão aqueles que nunca conseguiram me alcançar
... eu só observo, não há mais nada a falar, não há mais motivo para fugir ...

E se meu castelo for invadido tudo virará pó
... diluído nas minhas muitas águas ...




De qualquer forma, nem eu mesma já me encontro aqui ...

...

domingo, 1 de maio de 2016

Graças à vida!


Hoje vamos parar um momento para olhar tudo de bom que temos na vida.
Olhemos nossa própria vida! Percebamos o quanto caminhamos, o quanto crescemos. Reconheçamos nossas conquistas e vitórias. Observemos a beleza de cada pessoa que faz parte de sua vida, o quanto aprendemos com cada uma delas, o quanto descobrimos sobre nós mesmos.
Ah, as pessoas! As pessoas que compartilhamos nossas horas, nossos dias, nossos anos. As pessoas que aquecem nosso coração, que nos fazem rir, que nos acolhem quando precisamos, que acolhemos quando elas precisam. As pessoas que compõem a nossa família, nossa grande família de parentes e amigos. Agradeçamos a cada uma delas por fazer parte de nossa vida.
Um minuto para o nosso corpo. Reclamamos tanto dele por não ser como gostaríamos, mas ele está aí, carregando nosso espírito, dando conta de nossa existência física. Cuidemos dele, atendamos suas necessidades. Carinho nunca é demais.
Temos tudo que precisamos para viver. Temos um teto, temos comida, temos roupas. Quanta riqueza! Reconheçamos nossa fortuna e paremos de criar tantas outras necessidade que apenas geram sofrimento e ansiedade.
Agradeçamos a natureza que bravamente mantém-se viva e nos oferece o ar, os alimentos e tantas belezas como o nascer do sol, o verde intenso de suas matas e a dança dos animais.
Reverenciemos à maravilhosa oportunidade de estarmos aqui, em mais uma jornada de aprendizado, de desenvolvimento e de evolução espiritual!