terça-feira, 31 de janeiro de 2017

STOP TRYING TO FIX ME. LOVE ME INSTEAD.


Please, don't try to fix me. I am not broken. I have not asked for your solutions.
When you try to fix me, you unintentionally activate deep feelings of unworthiness, shame and failure within me. I can't help it. I feel like I have to change to please you, transform myself just to take away your anxiety, mend myself to end your resistance to the way I am. And I know I can't do that, not on your urgent timeline anyway. You put me in an impossible bind. I feel so powerless.
I know your intentions are loving! I know you really want to help. You want to serve. You want to take away people's pain when you see it. You want to uplift, awaken, caretake, educate, inspire. You truly believe that you are a positive, compassionate, unselfish, nice, good, kind, pure, spiritual person.
But I want you to know, honestly, friend, I feel like a steaming pile of shit when you try to 'love' me in this old way. It doesn't feel loving to me at all. Quite the opposite. It feels like you're trying to relieve your own tension by controlling me. Under the guise of you being 'kind' and 'helpful' and 'spiritual', I feel suffocated, smothered, rejected, shamed, and completely unloved. I feel abandoned in your love! Do you get that? I feel like you don't actually care about ME, even though on the surface it sure looks like you care! But deep down it feels like you are holding an image of how I should be. Your image. Not mine!
It looks like your love but it feels like your violence. Do you understand?
Yet as soon as you stop trying to 'help' me, you are of the greatest help to me! I stop trying to change to please you! I feel safe, respected, seen, honored for what I am. I can fall back into my own power. I can trust myself again, the way you are trusting me. I can relax deeply.
Without your pressure, your demand for me to abandon myself and be different, healed, transformed, enlightened, awakened, mended, 'better', I can better see myself. I can discover my own inner resources. I can touch my own powerful presence. I feel safe enough to allow and express my true feelings, thoughts, desires, hold my own perceptions. I no longer feel smothered, a victim, a little child to your expert adult. The courageous adult in me rises. I breathe more deeply. I feel my feet on the ground. Loving attention drenches my experience, even the uncomfortable parts. My senses feel less dull. Healing energies emerge from deep within. I feel light, free, liberated from your fear. I feel respected, not shamed. Seen, not compared to an image.
You help me so much when you stop trying to help me, friend! I need my own answers, my own truth, not yours. I want a friend, present and real, not an expert or a savior.
And do you see, when you are trying to save me, you are actually abandoning yourself? You are running from your own discomfort, your own unlived potential, and focussing on mine? I become your ultimate distraction. I don't want to be that for you anymore.
Let's break this cycle together! Let's stop trying to fix or save each other. Let's love each other instead. Bow to each other. Bless each other. Hold each other. As we are. As we actually, actually, actually are.

- Jeff Foster -

( WildWomanSisterhood )

...

 Pare de tentar me corrigir. ME AME EM VEZ DISSO.

Por favor, não tente me consertar. Eu não estou quebrado. Eu não pedi suas soluções.Quando você tenta me consertar, involuntariamente você ativa sentimentos profundos de indignidade, vergonha e fracasso dentro de mim. Não posso evitar. Eu sinto que tenho que mudar para te agradar, me transformar apenas para tirar a sua ansiedade, me consertar para acabar com sua resistência à maneira que eu sou. E eu sei que não posso fazer isso, não na sua cronologia urgente de qualquer maneira. Você me colocou numa situação impossível. Eu me sinto tão impotente.Eu sei que suas intenções são amorosas! Eu sei que você realmente quer ajudar. Você quer servir. Você quer tirar a dor das pessoas quando vê-las. Você quer elevar, despertar, cuidar, educar, inspirar. Você realmente acredita que você é uma pessoa positiva, compassiva, desinteressada, agradável, boa, amável, pura e espiritual.Mas eu quero que você saiba, honestamente, amigo, eu me sinto como uma pilha fedorenta de merda quando você tenta me "amar" dessa velha maneira. Não me parece amorosa em tudo. Muito pelo contrário. Parece que você está tentando aliviar sua própria tensão controlando-me. Sob o disfarce de você ser "amável" e "útil" e "espiritual", eu me sinto sufocado, sufocado, rejeitado, envergonhado e completamente amado. Eu me sinto abandonado em seu amor! Você entende isso? Eu sinto que você realmente não se preocupa comigo, mesmo que na superfície, com certeza parece que você se importa! Mas no fundo parece que você está segurando uma imagem de como eu deveria ser. Sua imagem. Não é minha!Parece o seu amor, mas parece sua violência. Você entende?No entanto, assim que você parar de tentar "me ajudar", você é de grande ajuda para mim! Eu paro de tentar mudar para te agradar! Sinto-me seguro, respeitado, visto, honrado pelo que sou. Eu posso cair de volta em meu próprio poder. Eu posso confiar em mim mesmo novamente, a maneira que você está confiando em mim. Eu posso relaxar profundamente.Sem a sua pressão, a sua exigência de me abandonar e ser diferente, curado, transformado, iluminado, despertado, remendado, "melhor", eu posso me ver melhor. Eu posso descobrir meus próprios recursos internos. Eu posso tocar minha própria presença poderosa. Sinto-me seguro o suficiente para permitir e expressar meus verdadeiros sentimentos, pensamentos, desejos, manter minhas próprias percepções. Eu já não me sinto sufocado, uma vítima, uma criança pequena para o seu adulto especialista. O adulto corajoso em mim se levanta. Eu respiro mais profundamente. Eu sinto meus pés no chão. Amando minha experiência, mesmo as partes desconfortáveis. Meus sentidos se sentem menos aborrecidos. As energias de cura emergem de dentro. Eu me sinto leve, livre, liberada de seu medo. Eu me sinto respeitado, não envergonhado. Visto, não comparado a uma imagem.Você me ajuda muito quando você parar de tentar me ajudar, amigo! Eu preciso de minhas próprias respostas, minha própria verdade, não a sua. Quero um amigo, presente e real, não um especialista ou um salvador.E você vê, quando você está tentando me salvar, você está realmente se abandonando? Você está fugindo de seu próprio desconforto, seu próprio potencial não vivido, e focalizando o meu? Eu me torno sua distração final. Eu não quero mais ser isso para você.Vamos quebrar este ciclo juntos! Vamos parar de tentar consertar ou salvar um ao outro. Vamos amar uns aos outros em vez disso. Curvando-se um ao outro. Abençoando-se mutuamente. Segurando um ao outro. Como nós somos. Como na verdade, na verdade, na verdade somos.


 - Jeff Foster -