quinta-feira, 9 de março de 2017

Uma Mulher do Leste

Sentada na varanda
Aprecio a tarde que cai
Preguiçosa...Delicada

Um sopro morno
Me leva longe
Longe de mim mesma

Tudo passa devagar
Mas com presença forte
Consolidam minha existência

O verde seco do inverno
O azul intenso do céu
O branco translúcido das nuvens

Vou ser gentil comigo mesma
Vou me entregar ao momento
Vou me nutrir do infinito

Pois...

No outono o grão foi pro solo
No inverno espero que ele germine
Para na primavera florir...

Aliks

(... trazendo à tona ... 17/08/08 )